Buscar
  • Humberto Amadori

EnvelheSER

Símbolo de criatividade e inovação, aos 69 anos, David Bowie lançou seu derradeiro e revolucionário álbum, 48 horas antes de sua morte.

Há não muito tempo, sentenciou:


“Se você está desejando juventude, acho que isso te faz ser aquele velho estereotipado, porque você só vive na memória, você mora em um lugar que não existe.

O envelhecimento é um processo extraordinário em que você se torna a pessoa que você sempre deveria ter sido.”


Ao celebrarmos o dia do idoso, mais do que desengavetar lembranças, acenemos ao futuro. Afinal, envelhecer é uma oportunidade - infelizmente - não concedida a todos.

Sempre afirmarmos que "as crianças são o futuro". Essa concepção, certa e incompleta, desconsidera que em vinte anos Curitiba terá UM QUARTO de sua população com mais de sessenta anos;

que, em - UM ANO - Curitiba terá MAIS IDOSOS do que crianças e adolescentes; que o brasileiro que assopra velas aos 60, viverá, em média, mais 20-25 anos, tempo superior a soma da infância e adolescência.


A puericultura é a pedra angular sobre a qual a pediatria edifica a primeira infância de nossas crianças. E é inconcebível que elas não façam este acompanhamento, tão vital para a sua saúde e desenvolvimento. Felizmente, há a cultura de levar nossos pequenos ao pediatra, mesmo sem adoecimento. "Prevenir é melhor do que remediar", muitos acertadamente colocarão.


No entanto, ir ao geriatra ainda não faz parte das prioridades da nossa sociedade. Para muitos, o simples fato de agendar uma consulta com geriatra já encerra um diagnóstico de doença incurável - o de "ser idoso" - como se as terceira e quarta idade fossem sinônimos de decadência e invalidez. Poucos ainda vêem a assistência geriátrica como um meio de PLANEJAR e INVESTIR na qualidade de suas próximas décadas de vida.


Depois de tantos séculos, a discussão mais preponderante ainda é de quando teremos uma fonte da juventude, uma pílula antiaging. Transformamos, desavidamente, um significativo estágio de nossa vida em DOENÇA.

Toda vez que tentamos transformar a velhice em "Juventude Parte 2" falhamos duplamente:

não desfrutamos nem da velhice nem da juventude.

E, assim, ganhamos anos de vida e perdemos vida nestes anos.


Sempre houve uma ambivalência humana entre querer e não querer envelhecer, porém: “Envelhecer ainda é a ÚNICA maneira que se descobriu de viver muito tempo."

Além disso, o ápice do EU, que é a velhice, é um gerúndio, não um evento agudo que se instala subitamente.

Sendo assim, envelhecer deve ser um objetivo e ENVELHECER BEM um INVESTIMENTO de longo prazo.

Envelhecimento BEM SUCEDIDO é aquele que coloca a manutenção da independência e autonomia como principais objetivos, buscando-se sempre a COMPRESSÃO DA MORBIDADE.


E o que é Compressão de Morbidade?

Volte ao início do texto.

É poder estar, 48 horas antes de sua morte,

VIVO.

157 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo